Ultimas Notícias

PRAIA CLUBE VENCE VALINHOS, SEM WALEWSKA NO INÍCIO DO RETURNO DA SUPERLIGA

O Praia Clube iniciou o returno da Superliga Feminina com o pé direito. No último jogo em casa no ano, o Praia Clube fez bem a lição e, com tranquilidade, venceu o Valinhos por 3 sets a 0 (parciais de 25/13, 25/20 e 25/13), em 1h15 de partida, nesta sexta-feira. Ainda sem a central Walewska, que se recupera de uma torção no tornozelo esquerdo, o time comandado por Paulo Coco ditou o ritmo do começo ao fim para manter a liderança isolada da competição. A equipe paulista, por outro lado, chega a 7ª derrota seguida na Superliga.

Com o resultado, o Praia Clube segue na ponta da Superliga com 36 pontos. O Valinhos segue com quatro pontos, na parte debaixo da tabela. As duas equipes voltam às quadras na próxima sexta-feira, às 20h, e jogam pela última vez em 2017. O time mineiro visita o São Caetano, no Lauro Gomes, em São Caetano do Sul. O Valinhos joga em casa e recebe o Osasco, no José Correa, em Valinhos.

O jogo
As ações de ataque do Praia Clube com as centrais Fabiana e Natasha funcionaram bem no início do set e, na parte defensiva, o bloqueio parou o Valinhos. Em ponto saque de Garay, o time abriu cinco pontos em 8 a 3. Mas a reação da equipe paulista veio com boa sequência de Nayara Felix no saque. Além de dois pontos seguidos, quebrou a recepção do outro lado e o Valinhos encostou em 10 a 9. Mas o Praia logo retomou o controle da parcial e, aproveitando os erros das visitantes e o bom saque de Fabiana, disparou: 18 a 10. Tranquilo, abriu ainda mais e fechou o set após erro de Felix: 25 a 13.
O segundo set teve uma história diferente. Bem ajustado no ataque, o Valinhos ofereceu resistência na defesa, tomou a frente do placar e abriu dois pontos de vantagem em 10 a 8. Mas pagando pelos próprios erros, principalmente de saque, o time paulista não sustentou a diferença. O Praia voltou a funcionar, liderou em 12 a 11 e não perdeu mais. Mesmo com o adversário na cola, as donas da casa souberam trocar pontos e fecharam o set em bloqueio de Garay: 25 a 20.

Embalado, o time mineiro manteve a postura agressiva do fim do segundo set e disparou no placar: 14 a 5. O Valinhos bem que tentou explorar o bloqueio do Praia, mas não conseguiu encostar. O técnico André Rosendo mexeu na equipe, buscou alternativas. Não funcionou. Do outro lado, Paulo Coco colocou Ananda, Carla, Andréia e Ellen para jogar. O rendimento se manteve e, sem dificuldade, venceu o set por 25 a 13 e o jogo em 3 sets a 0.